sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Líder dos Kalibrados anuncia álbum para Dezembro como prenda de natal

O líder do Kalibrados, Vui Vui, foi o grande convidado de ontem no Programa Grande Manhãs apresentado por Patrícia Pachego, emitido de segunda a sexta na Zap Viva. Durante a conversa bastante descontraída, onde Vui Vui falou um pouco sobre vários aspectos da sua vida, como chefe de família, como filho, como escritor, como sonhador, como empreendedorcomo musico e outras facetas da sua vida



Questionado sobre o lado musical, Ivo Duval começou por falar da sua trajectória enquanto aprendiz de Piano e Guitarra com Kizua Gourgel e o falecido Nguabi Montel, a sua passagem pelo Grupo Avilupa Kiambila, sobre o lançamento do primeiro álbum de Lawilca, assim como os dois primeiros álbuns da Zona 5 que saíram com selo da Mille Mambos, do qual era CEO. No prosseguimento da sua resposta, Ivo Duval deu a conhecer que se tudo correr bem, o álbum do grupo Kalibrados será lançado no próximo mês, nas plataformas digitais como prenda de natal para os fãs do grupo que a 8 anos esperam por um novo álbum.


Para 2017, o líder dos Kalibrados disse que os elementos do grupo estarão mais virados para os seus projectos a solo, dentro e fora musica. Lembrar que Ivo Duval é o novo embaixador em Angola da conceituada marca de bebida “Remy Martin“, esta já a concluir o produção executiva do álbum de Eva RapDiva e tem estado a implementar o seu mais novo projecto denominado “Good Feeling” do qual traremos mais novidades nos próximos dias.

Sobre o seu livro, recentemente lançado, Ivo Duval disse estar já a terminar a primeira edição e que além da reedição que terá como foco o interior de Angola, está também em perspectiva a tradução do mesmo livro em Inglês para facilitar a sua expansão fora das fronteiras nacionais.
Casado e com três filhos, Ivo Duval ou simplesmente Vui Vui tornou-se figura publica com a lançamento do primeiro álbum do grupo Kalibrados intitulado “Negócio Fechado” que foi sucesso absoluto em Angola, na lusofonia e um pouco por todo mundo nas comunidades lusófonas. Além do álbum Negócio Fechado (2005), têm no seu repertório o álbum Cartas na Mesa (2008), as mixtapes Mafia King (2010) e De Mim Pra Voces (2015). Teve produção directa nos álbuns Tapete Vermelho e Impressões Digitais do Grupo Zona 5, álbum 3º Episodio “O Classico” dos Killa Hill,  Se Diame de Lawilca, Ouves e Callas de DJ Callas e outros não menos importantes. Recentemente lançou o seu livro, ilustrado na imagem anexada a esta matéria, intitulado “Não Basta Apenas Ter Talento” e lidera o Team “BeatBox” (programa de rádio e tv).
Fonte: Hip Hop Angolano.

Sem comentários:

Enviar um comentário